Nossas Notícias

Digicomp é certificada GREEN IT FURUKAWA

14-08-12

Durante o primeiro semestre de 2012 a Digicomp retornou à Furukawa para reciclagem 2,32 toneladas de
materiais de rede de  cabeamento estruturado.

 

Evitando que cerca de 1,16  toneladas de materiais contaminados com metais pesados fossem depositados em aterros industriais;
Reduzindo a extração de 220,68 toneladas de minério de cobre;
Reduzindo o consumo de 22,208 kWh, energia suficiente para abastecer 149 residências durante um mês

 

 

Atualmente, o destino mais comum do PVC contido nos cabos é a incineração e durante este processo o PVC libera quantidades prejudiciais de Cromo (Cr), Cloro (Cl), Ácido clorídrico (HCl), Chumbo (Pb), Cádmio (Cd) e Dióxidos. 40% do chumbo e 50% do cromo vão para a atmosfera e o restante é depositado no solo. Trata-se de elementos extremamente tóxicos e cancerígenos, podendo causar deformações genéticas, alergias, problemas respiratórios, desmineralização dos ossos e irritações em olhos e mucosas.

 

Lançado em 2007 pela Furukawa, o Green IT é um programa pioneiro no ramo de telecomunicações para a recuperação de resíduos de cabos substituídos em redes, uma solução sustentável que tem o objetivo de racionalizar a utilização de recursos não-renováveis com o tratamento de resíduos provenientes do descarte de produtos de cabeamento estruturado.

 

Através do GREEN IT são coletados os resíduos de cabos substituídos e reenviados à Furukawa, que realiza a separação dos componentes plásticos do cobre, após a separados os materiais são encaminhados para empresas especializadas e devidamente homologadas, transformando resíduos em matéria-prima para uso em outros processos produtivos. O cobre é destinado à indústrias laminadoras e os plásticos às indústrias fabricantes de sacolas plásticas, alças para bolsas, solas de sapato, entre outras.
O Programa dá o destino correto para toneladas de resíduos de cabos substituídos pela modernização das redes de comunicações. Matérias-primas recicladas são assim reaproveitadas por outras indústrias, com larga economia de recursos naturais e redução da emissão dos gases causadores do Efeito Estufa.

 

O MEIO AMBIENTE agradece!

 

ÍTENS RELACIONADOS

  • No Related Posts